quarta-feira, 14 de julho de 2010

NBB 2010/2011 COM AS NOVAS REGRAS


O Departamento Técnico da Liga Nacional de Basquete (LNB) informou, nesta quarta-feira (14 de julho), que a próxima temporada do NBB terá no regulamento as novas regras adotadas pela FIBA. As mudanças implicam em temas como: linha de lance-livre, área restritiva, área de cesta de três pontos, linha para a reposição lateral, semicírculos nos quais não serão consideradas ou marcadas cargas ofensivas e os vinte e quatro segundos de posse de bola.

Segundo a publicação da nota oficial Nº 119/2010 enviada pela Confederação Brasileira de Basketball (CBB), também nesta quarta-feira, “as competições oficiais da CBB, a partir de 1º de outubro de 2010, serão realizadas de acordo com as mudanças nas regras oficiais do basquetebol”.

As mudanças nas regras permitirão uma rápida adaptação das equipes brasileiras, principalmente, nas competições internacionais. Universo/Brasília, Flamengo e Vivo/Franca, por exemplo, já disputarão a Liga Sul-Americana, em outubro, com todas essas alterações. “Essa mudança nos ajuda porque estaremos sempre no mesmo passo do basquete internacional. É mais uma medida acertada da Liga e que merece ser aplaudida”, disse o técnico do Flamengo, Paulo Chupeta.

As novas regras poderão, inclusive, mudar algumas características táticas do jogo, principalmente, com o aumento da linha de três pontos. “É importante que o NBB já esteja com as linhas novas para que a adaptação dos jogadores seja a mais rápida possível. Acredito que o jogo em si vai mudar bastante devido a essas adaptações. As defesas podem passar a não pressionar tanto os arremessos de fora, entre outras coisas”, afirmou o técnico do Paulistano, Gustavo De Conti.


Seguem abaixo as alterações das regras da FIBA:
Art. 2.2.3 Linhas de lances-livres e áreas restritivas
As áreas restritivas (garrafão) serão áreas retangulares marcadas na quadra de jogo. A área restritiva (três segundos) deverá ser um retângulo (não mais um trapézio).

Art. 2.2.4 Área de cesta de três pontos
A distância da linha de três pontos será de 6,75m (não mais de 6,25m).

Art 2.2.6 Linhas para reposição na lateral
As duas pequenas linhas deverão ser marcadas na margem externa da quadra, no lado oposto ao da mesa de controle e das áreas de banco, com sua margem mais distante afastada 8,325m da margem interna da linha final; ou seja, alinhada ao topo da linha de três pontos. Durante os últimos dois minutos da partida e dos períodos extras, seguindo um tempo debitado concedido para o time que tenha o direito a uma reposição de bola na sua quadra de defesa, o arremesso de fora para dentro subseqüente será dado do lado oposto ao da mesa de controle, da “linha de reposição” e não mais da linha central estendida.

Art. 2.2.7 Semicírculos nos quais não serão consideradas/marcadas cargas ofensivas.
Os semicírculos nos quais não serão consideradas as cargas ofensivas deverão ser marcados na quadra de jogo com a margem interna deles estando a 1,25m do ponto central da cesta (em projeção no piso). Uma falta ofensiva nunca deverá ser marcada caso o contato do atacante ocorra com um defensor que esteja dentro do semicírculo.

Art. 29 Vinte e quatro segundos
Se a reposição for administrada na quadra de defesa, caso exigido pelas regras respectivas, o relógio de 24 segundos deverá ser retornado para 24 segundos.
Se a reposição for administrada na quadra de ataque, caso exigido pelas regras respectivas, o relógio de 24 segundos deve ser ajustado como se segue:
Se o relógio mostra que faltam 14 segundos ou mais no momento em que o jogo é paralisado, ele não deverá ser ajustado e permanecerá o mesmo tempo.
Se restarem 13 segundos ou menos no aparelho de 24 segundos no momento em que o jogo é paralisado, o relógio deve ser ajustado para 14 segundos.

0 comentários:

Postar um comentário

Pesquisar no blog

Carregando...